21|04|2020

A pandemia do novo Coronavírus e o

despertar do sujeito

Por Companhia das Obras Brasil

 

Em setembro de 2019, o então presidente internacional da CdO, Bernhard Scholz, em sua participação no 8º Fórum Nacional da entidade, realizado em São Paulo, questionava se o homem seria capaz de ser protagonista diante das grandes mudanças da sociedade e das incertezas sobre o futuro. Segundo ele esse mundo tão contraditório, veloz em suas transformações e imprevisível recoloca a pergunta que a modernidade excluiu: quem é você? Pelo que vive e onde coloca sua esperança? Perguntas que incidem na forma com a qual enfrentamos a vida.

 

As incertezas trazidas pela pandemia do novo Coronavírus, repropõem essas questões de forma absolutamente concreta, deixando-nos em posição vertiginosa.

 

Diariamente em nossas casas, trabalho, empresas e obras somos chamadas a dar respostas, tomar decisões que têm impacto sobre nós mesmo e sobre a vida de outras pessoas. E é grande o peso, a solidão, de enfrentar as coisas sozinhos. Se somos minimamente conscientes da própria responsabilidade e da nossa condição humana, sabemos que as questões às quais respondemos, as decisões que tomamos são maiores do que a nossa capacidade.

 

Por isso é importante haver lugares nos quais enfrentar a vida juntos. Se o homem quer ser ele mesmo, sujeito da sua história, ele precisa partir das suas perguntas, das suas necessidades. Portanto é necessário haver lugares nos quais colocar as perguntas, compartilhar experiências e caminhar.

 

Na benção Urbi et Orbi, no domingo de Páscoa, o Papa Francisco enfatizou: “este não é tempo para egoísmos, pois o desafio que enfrentamos nos une a todos e não faz distinção de pessoas (...) Não percamos está ocasião para dar nova prova de solidariedade, inclusive recorrendo a soluções inovadoras”

 

Nós da CdO Brasil propomos a você que façamos, juntos, o caminho de ajuda para responder às provocações que essa nova realidade propõe a cada um de nós, com o desejo de despertar o nosso eu e incidir no mundo. Fique atento às iniciativas que serão propostas nos próximos dias através do nosso site (www.cdo.org.br), Facebook (cdo Brasil), Instagram (@cdo_brasil) e LinkedIn (https://www.linkedin.com/company/cdobrasil).

 

Como enfatizou o Papa Francisco, “o que está acontecendo servirá para lembrar aos homens de uma vez por todas que a humanidade é uma única comunidade. Devemos pensar que não haverá mais “o outro”, mas seremos “nós”. Porque nós só podemos sair desta situação juntos. E seguir em frente com a esperança, que nunca decepciona. Estas serão as palavras-chave para recomeçar: raízes, memória, fraternidade e esperança”.

 

CdO Brasil

www.cdo.org.br

Facebook: cdo Brasil

Instagram: @cdo_brasil

Linkedin: www.linkedin.com/company/cdobrasil

© 2017 Companhia das Obras Brasil - Todos os direitos reservados