|PALESTRANTES

MARCELA BERTELLI

Antropóloga e Produtora Cultural

Marcela de Queiroz Bertelli é antropóloga e produtora cultural, diretora da Lira Cultura, empresa que atua na realização de projetos e iniciativas culturais com sede em Belo Horizonte/MG. Atualmente realiza os projetos de publicação de partituras e produção de documentário sobre o universo sonoro dos compositores Antônio Madureira/PE, Tavinho Moura/MG, Renato Teixeira/SP, Heraldo do Monte/PE e Sérgio Santos/MG. É pesquisadora e editora da revista Manzuá, do Mosaico Sertão Veredas – Peruaçu, do Instituto Rosa e Sertão. Atua como pesquisadora no projeto Cinema no Rio, da Cinear Produções, que leva produções cinematográficas nacionais longas e curtas para as populações ribeirinhas do rio São Francisco. É produtora de série comemorativa dos 80 anos do compositor Elomar Figueira Melo em 2017, consultora do Festival de História (4ª edição em 2017). É membro do grupo Ilumiara de pesquisa, composição e à interpretação de repertórios musicais constituídos a partir da tradição oral, da criação espontânea e do cotidiano das expressões populares, tendo realizado concertos em todos os estados do Brasil, em mais de 110 cidades por meio do Sonora Brasil, promovido pelo Sesc Nacional.

Atuou como coordenadora executiva da Semana de Música Antiga da UFMG, evento bienal com atividades de formação, difusão, pesquisa e fruição da música antiga em Belo Horizonte e diversas cidades históricas de Minas Gerais. Coordenadora executiva do Festival Internacional de Música Histórica de Diamantina/MG. Foi gestora responsável pela restauração do Órgão Histórico Almeida e Silva/Lobo de Mesquita da Igreja do Carmo de Diamantina/MG. Roteirizou e dirigiu documentário sobre a seca no rio São Francisco para o programa Sala de Notícias, do Canal Futura em 2015.

Trabalha ao lado do compositor Elomar Figueira Mello em projetos especiais, como a montagem e gravação em DVD a obra Auto da Catingueira com o grupo Giramundo (2011) e a circulação de concertos de seu cancioneiro pelo Brasil.

Como docente, atua cursos, seminários, com temas relativos à Gestão Cultural, Cooperação Internacional, Patrimônio Imaterial, Produção em Música, Arte/Educação, tendo realizado trabalhos para a UNESCO Brasil, OEI Organização dos Estados Iberamericanos, COMUNA SA, Ministério da Cultura do Brasil, Red Proyecta Cultura (Argentina/Espanha. Concebeu e coordenou a oficina “Diversidade Cultural e Conhecimentos Tradicionais”, com o antropólogo José Jorge de Carvalho, de abrangência iberoamericana e promovido pelo Ministério da Cultura do Brasil. Foi avaliadora do Prêmio Cultura Viva do Ministério da Cultura e CENPEC em duas versões, coordenou aula/dinâmica de reconhecimento dos processos de gestão das iniciativas premiadas no Prêmio Cultura Viva das regiões Sudeste, Norte e Centro-Oeste – Brasil.

Foi sócia da DUO Informação e Cultura, empresa de gestão cultural, de 2002 a 2012. Possui vasta experiência em consultoria para o planejamento e desenvolvimento de estratégias e ações para instituições públicas e privadas, como Associação Imagem Comunitária - AIC, Escola de Dança e Grupo 1º Ato, Centro Cultural Maria Lívia de Castro e Humbiumbi Arte Cultura e Educação, Usiminas, Fundação ArcelorMittal Brasil, Museu de Artes e Ofícios, OEI - Organização dos Estados Iberoamericanos, Telemig Celular/VIVO, entre outros.

Realizou a coordenação editorial de publicações da DUO Editorial, entre elas: Elomar: Cancioneiro, caixa de partituras de Elomar Figueira Melo e texto de João Paulo Cunha (2009), Histórias de Meninas, as Meninas de Sinhá, autores diversos (2010), Narrativa Fotográfica do Vale do Jequitinhonha de Marcelo Oliveira (2010), Anais dos Seminários Internacionais de Gestão Cultural (2008 e 2010), O Avesso da Cena, de Rômulo Avelar (2008), Gestão Cultural - profissão em formação, de Maria Helena Cunha (2007), entre outros.

Possui artigos publicados com as temáticas sobre gestão cultural, diversidade cultural, espaços e territórios culturais, atuação em rede, trabalho no campo da cultura, institucionalização da cultura e Sistema Nacional da Cultura, tendo participado como palestrante, consultora e mediadora em encontros nacionais e internacionais em torno das temáticas acima, como o Seminário Diversidade Cultural – Entendendo a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais Promovido pelo Ministério da Cultura, o Taller de validacion del programa de desarrollo de capacidades en proteccion y conservacion del patrimonio cultural y natural para los paises del Mercosur promovido por Unesco Mercosul/Buenos Aires, Enecult – Encontros de Estudos Multidisciplinares em Cultura – UFBA/Bahia, Seminário Cultura e Pensamento – Juventude e Ativismo promovido pela CONTATO (Brasil).

PALESTRA:

DOMINGO MANHÃ

MUDANÇAS EM AÇÃO

© 2017 Companhia das Obras Brasil - Todos os direitos reservados